Close

nada

Não é nada, mas poderia ser algo

O peixinho colorido nada no aquário, indiferente ao interesse que desperta no gato, que o olha de frente, a pouca distância. O felino espreita, mas sabe que é inútil qualquer esperança de conseguir o que deseja. O outro, dentro da água, intui que está seguro, e por isso nada tranquilo. O menino interrompe por um […]

22 de junho de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Prosa Poética gato, mãe, menino, nada, pai, peixe

Ler Mais

Para nada

Dei a volta ao mundo para poder caminhar pelo céu, pisar as nuvens e jogar futebol com a lua. Para que a chuva brotasse do chão e inundasse tudo lá em cima e os pássaros voassem entre meus pés. Dei a volta ao mundo para não ver o sol sair correndo assim que a noite […]

6 de abril de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Prosa Poética nada, volta ao mundo

Ler Mais

O nada

Era um circo, desses que há muito tempo não se via. Passou em caravana pela pequena cidade, anunciando as atrações da noite. O povo compareceu e eu também. Comprei o ingresso e fui conhecer “o que a televisão não mostra”. Olhei com desinteresse para todas as barracas – tiro ao alvo, a mulher barbada, o […]

Ler Mais

Quando eu voltar a ser nada

Hoje pela manhã cortei fora minha orelha esquerda e a joguei no lixo. Saí para trabalhar. Na rua encontrei um conhecido, que estranhou o curativo e perguntou o que houve. Disse-lhe que tinha batido a cabeça no armário da cozinha. Pedi um café no bar, e o atendente me olhou com pena e quis saber […]

9 de setembro de 2014 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos nada, orelha

Ler Mais