Close

palhaço

Na Paulista

A função termina em mais um domingo na avenida Paulista. Os faróis dos automóveis iluminam o lixo, os garis e as vassouras, as bandeiras rasgadas, as camisetas suadas, as palavras gritadas, o vazio e seu eco. A imagem do fracasso retumbante é um palhaço que, no final de tudo, tira a maquiagem, toma café na […]

Ler Mais

Um bom palhaço

No circo, vestido com as roupas de palhaço, a preguiça e jeito calado dele não incomodavam. Solitário na maior parte das horas, era quase invisível. De pouca conversa. A maquiagem branca encobria e acentuava a brancura que ele já tinha na pele. Só a bolinha vermelha no nariz lhe dava alguma graça. Sempre tristes os […]

11 de junho de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos circo, olhos, palhaço, solitário, tristes

Ler Mais

O doce Augusto

Nasceu palhaço, um grande palhaço, mas não percebeu, e ninguém lhe disse. E então passou os anos fingindo uma seriedade que não tinha. Jamais prosperou: não foi capaz de cuspir nem dar pontapé no traseiro dos outros ou fingir que gostava de criança, pois gostava de verdade. Era mesmo um palhaço, só que não sabia […]

8 de setembro de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos humor, palhaço, riso, seriedade

Ler Mais

Bisnaguinha

Nas tardes de sábado, houvesse sol, Antônio vestia sua roupa colorida e larga, pintava o rosto de branco e colocava no nariz a bolinha vermelha. Nos lábios, desenhava com batom vermelho um sorriso de orelha a orelha. Transformava-se no palhaço Bisnaguinha e saía de casa para fazer graça. Procurava espaço no meio das pessoas e […]

Ler Mais

O palhaço

Meu pai foi advogado, como meu avô. Tinha no estudo e compreensão das leis o seu objetivo de vida e procurou, de todas as formas, transmitir esse gosto aos três filhos. Sempre acreditou que pelo menos um deles herdaria sua vocação. Minha irmã bem que tentou mas, mal havia cumprido o primeiro semestre da Faculdade […]

Ler Mais

Viver e morrer no picadeiro

Ah, como surpreender o público uma vez mais? Isso é o que nós, artistas de circo, nos perguntamos o tempo todo. Como conquistar o aplauso e a admiração dessa plateia exigente e sedenta de novidades? O palhaço, o acrobata, a bailarina, o engolidor de facas, o domador: ser perfeito na execução de sua arte já […]

Ler Mais