Close

pescoço

Amor perigoso

Os dois sabiam — ela mais que ele — que era um amor perigoso e que a qualquer momento a fatalidade aconteceria. Uma tragédia anunciada, comentavam os outros. Não era por acaso que ela tinha esse pescoço tão longo e tentador de cisne, e ele, essas mãos de estrangulador, grandes, peludas e fortes. O destino, […]

Ler Mais

Louca por limpeza

A mulher que mora no sétimo andar mantém a casa em perfeita organização e muito limpa. Imaculada, pode-se dizer. Todas as manhãs ela esfrega o rejunte dos azulejos e encera o piso da sala e dos quartos. As louças brilham, a madeira dos móveis não tem nem uma partícula de pó, as cortinas são lavadas […]

Ler Mais

Comboio

No comboio há toda variedade de automóveis: grandes e pequenos, carregados e vazios. Seus ocupantes também variam: em alguns há famílias inteiras, em outros, apenas o motorista. A fila avança em cadência lenta, uniforme e constante. O primeiro carro para suavemente, os demais o acompanham. O asfalto à frente começa a se mover, a rachar, […]

Ler Mais

O rosto sob a navalha

Naquele tempo havia o exército nas ruas, para cuidar da ordem. Nas ruas também havia pessoas. As pessoas não gostavam do exército e vice-versa. Havia muita vida (e morte) nas ruas e também fora delas, em lugares escondidos que algumas pessoas conheceram, não todas as pessoas que existiam nas ruas, apenas algumas delas. Era também […]

Ler Mais