Close

poema

A muralha e o tempo

Ergueram uma muralha de pedras de comprimento universal, atravessadora de países e idiomas.   Disseram que ali habitaria um deus em vigília permanente sobre as palavras, os pensamentos e os atos dos homens. Mas Deus nunca esteve lá.   Estava lá, sim, o tempo erodindo as pedras, tatuando musgos e ervas daninhas, derretendo o cimento […]