Close

som

A palavra nova

E de repente invento uma palavra nova, e a repito, e percebo o quanto soa bem: frematóbulo. Soa tão bem que a pronuncio num sussurro, depois cantando, também separando as sílabas, em seguida letra a letra, com deleite, igual aos meninos na escola, recitando o nome dos afluentes do Amazonas.   Que delícia é inventar […]

25 de outubro de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Poesia palavra nova, som, sonoridade

Ler Mais

A propósito de Chet

Suave e delicado como o trompete de Chet Baker, estremecedor como o fio de voz que sai de sua garganta: só escutamos o vento quando o vento encontra resistência. E esse ar abafado e sufocante em preto e branco soa a beco escuro, a sarjeta em Nova York, a um copo (vazio) com gelo, a […]

21 de agosto de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Poesia Chet Baker, som, trompete, voz

Ler Mais

Viver em tempo de guerra

– Mamãe, é agora que vamos morrer? Agachados e apertados um contra o outro, o menino agarra a roupa de sua mãe e puxa com força o lenço negro que lhe cobre a cabeça. Está assustado. A mãe o aperta com força. O som das rajadas de metralhadora é ensurdecedor e invade o refúgio onde […]

22 de outubro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos filho, guerra, mãe, som, surdo

Ler Mais

Os sons que a noite traz

Todas as noites, antes de dormir, gosto de ouvir o som da sirene de um navio deslizando pelo mar, buscando seu caminho até o porto. Imagino sua delicadeza singrando as águas escuras, descobrindo o melhor caminho, aquele sem obstáculos, aquele livre de armadilhas, aquele que leva os passageiros com segurança a seu destino. Quando há […]

Ler Mais