Close

tempo

O relógio de areia

A cidade despertou preguiçosa e abriu as janelas remelentas. Naquele dia seus habitantes demoraram um pouco mais na cama antes de iniciarem o dia. Seria um como outro qualquer, sem maiores dores ou glórias, a não ser pelo ligeiro tremor que fez com que todas as casas se inclinassem para um lado. Um fato surpreendente, […]

9 de setembro de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos areia, cidade, relógio, tempo

Ler Mais

Eu teria feito o mesmo

E disso não se duvide: eu vi. Vi que aquele pequeno pássaro, como é hábito entre os pássaros, estava pousado no galho de uma árvore, imóvel, como se de pedra fosse, olhinhos fixos no além, no muito distante, onde o céu se derrete num ponto esfumaçado e se funde com o falso fim do mar, […]

Ler Mais

Deter o tempo

Posso deter o tempo. É um dom. Sempre soube disso, mas nunca comentei com ninguém porque não saberia como explicar esse fenômeno. Ouça, sabe que, se eu quisesse, poderia parar o relógio por dez minutos? Não, ninguém iria acreditar. A primeira vez que pensei deliberadamente em usar esse poder foi no pátio do colégio, quando […]

3 de junho de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Prosa Poética deter, dom, poder, tempo

Ler Mais

O tempo me ensinou

O tempo me ensinou que, conforme passam os anos, se aprende menos do que se ignora. Velhaco, o tempo sempre mostra a verdade quando já está em cima da hora e pouco se pode fazer. O tempo me ensinou que os amigos, aqueles, podem ser contados nos dedos de uma mão; deve ser por isso […]

17 de maio de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Prosa Poética tempo

Ler Mais

O tempo-passarinho

O homem maduro olhou para a janela e viu quando o tempo pousou suavemente no parapeito. Aproveitou um descuido dele e o agarrou. Sorriu ao sentir o tempo-passarinho preso entre os dedos, tentando bater as asas. Colocou-o na gaiola que tinha em casa, vazia desde que seu canário de estimação morrera de tanto cantar pela […]

Ler Mais

A palavra que explode na boca

Luísa é uma mulher especial. Um dia veio até minha casa e, sentada no sofá, me observou durante horas enquanto eu trabalhava. Não disse palavra e foi embora assim que o relógio da sala marcou dez da noite e… bom, isso não tem importância agora. O que eu queria dizer mesmo é que o Jurandir, […]

14 de novembro de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos boca, palavra, tempo

Ler Mais

Lembranças: modos de tratar

Há lembranças que devem ser guardadas num cofre forrado de cetim, como tesouro roubado dos piratas do tempo, que de tudo se apropriam. Sempre que o coração pedir, pode-se tirar a poeira acumulada na tampa e acarinhar cada uma delas. Quando tocadas, provocam riso, iluminam os olhos, confortam a alma, e isso é bom. Outras, […]

Ler Mais

Viver naquele tempo

Meu avô sempre contava histórias daqueles anos, quando o futuro era incerto e cinza como o pelo de uma ratazana, dizia. Ele dizia que, naquele então, os mais jovens tinham que emigrar para tentar alguma sorte na vida, e que essa coisa de estudar era quase só para os filhos dos mais ricos. Que os […]

Ler Mais

O limite do insuportável

Esta noite uma tormenta se avizinha. Há meses chove sem parar no vilarejo, como numa Macondo da vida real, deslocada no tempo e no espaço. Só se vê escuridão e água, nunca mais um amanhecer separando o dia da noite. Ninguém sai à rua, só para o imprescindível, como comprar comida. Na volta, até os […]

Ler Mais

O tempo e a inexorável marcha do tempo

Houve uma vez, num tempo que não é este, um escritor que queria escrever. Houve também um ator que desejava atuar, um cantor louco para cantar e um professor ansioso por ensinar. Jamais foram o que poderiam ter sido. Formavam um grupo de pessoas deprimidas e era deprimente vê-los. Naquele mesmo tempo houve um pintor […]

5 de maio de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos estar, ser, tempo, vida, viver

Ler Mais

Um não sei quê

Hoje amanheci com um não sei quê incômodo, um desconforto na alma, um aperto no coração, um nó na garganta.   Meu coração, arrítmico, às vezes dispara, e palpita sem razão aparente. O que será esse não sei quê? Será solidão? Será desilusão? Algum desgosto, alguma desesperança, alguma dor oculta?   Talvez seja só o […]

19 de fevereiro de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Poesia tempo, xadrez

Ler Mais

O passado presente

Quem lá entra logo sente o perfume de alfazema. Dona Agnes faz questão de cuidar ela própria do quarto de Celso, seu único filho. Tira o pó dos móveis, encera o chão, lava e passa colchas e cortinas. A cada ano manda renovar a pintura das paredes e sempre há uma toalhinha nova para enfeitar […]

Ler Mais

O Tempo

Ando pensando muito no tempo ultimamente. Em como o tempo passa, em como não dá tempo para fazer tudo o que preciso, em como perco tempo com assuntos insignificantes, em como desejo que o tempo escorra devagar nos momentos felizes, coisas assim. O tempo, claro, passa no seu ritmo, alheio ao que eu desejo ou […]

12 de setembro de 2014 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Prosa Poética tempo

Ler Mais

A vela

A cera desliza silenciosamente pelo corpo delgado da vela. Cumpre o destino que lhe foi imposto desde o nascimento: derreter e alcançar a base do candelabro. O pavio, esse escandaloso pedaço de barbante, chora e vomita faíscas quando se vê nu e sem o abraço protetor da cera. A chama, prevendo sua extinção, tem a […]

9 de setembro de 2014 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos chama, pavio, tempo, vela

Ler Mais