Close

tiro

Ressaca

Estão nas imediações do porto de rio e caminham sem falar. Ela vai pela calçada, ele, pela rua, e assim parece que os dois têm a mesma altura. Diferem na idade: ele, maduro de quarenta e poucos, desleixado na barba e no vestir, ela, menina de vinte e poucos que sabe o que quer. Ele, […]

15 de julho de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos calçada, corpo, porto, ressaca, tiro

Ler Mais

O futuro foi muito pior

A Lucíolo, o Luci, rico dono de gado e fazenda, alto e barbudo, temente e devoto dos quatro pilares que sustentavam o país em que vivia — Deus, o futebol, o machismo e as Forças Armadas — lhe agradava fazer sempre na mesma posição: pedia que a senhorita se pusesse de quatro, enfiava na frente, […]

28 de maio de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos aranha, arma, crina, futuro, tiro

Ler Mais

Eu matei Sebastião Ramiro

Eu matei Sebastião Ramiro porque Sebastião Ramiro era um assassino e não valia nada. Passou a vida matando desafetos nesta cidade e em outras também. Alguns lhe deviam dinheiro e por esse motivo levaram um tiro e foram cuspidos de volta à terra seca e infértil daqui. Ninguém o enfrentava, tinham medo daquela vermelhidão que […]

Ler Mais

Retratinhos 3×4

O vendedor O homem vende armas de todos os tipos e modelos. Passa o dia revisando e engraxando uma a uma. Desde que leu a notícia sobre o assassinato que um de seus compradores cometeu, executa essa tarefa com afinco crescente. Ficou envergonhado ao saber que seu cliente teve que disparar todas as balas do […]

Ler Mais

A água desse rio vai dar no mar

Mataram o Eduardo faz um ano. Era meu único filho e faria vinte e dois anos se aqueles malditos não tivessem dado um tiro nele por causa da féria do ônibus. Tinha acabado de começar no emprego novo. Era cobrador, na linha 372. Cumpria o último turno, antes de recolher pra garagem. Entraram os dois […]

Ler Mais

Tiro na nuca

A prática dissimulada, silenciosa do tiro na nuca segue, como é de se supor, leis rigorosas. Seu território de ação são os ônibus do transporte público. Linha noturna. O matador deve, assim que subir no coletivo, deitar minuciosamente os olhos sobre os passageiros que ali estão e fazer sua escolha obedecendo a critérios objetivos: por […]

Ler Mais

Velho espelho

Ele entrou na sala sem ser percebido e parou no meio. Tirou o chapéu e o colocou sobre a mesa. Sem que eu pedisse ou permitisse, começou a falar. Me contou tudo o que tinha acontecido naquela noite: o sangue na camisa, a marca das lágrimas no rosto, a tristeza que nublava seus olhos, a […]

11 de abril de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos cacos, cadáver, espelho, tiro

Ler Mais

Recorrência

Ontem um homem foi morto por bandidos num dos shoppings da cidade. Fazia compras numa loja de artigos para o lar. Engenheiro de cinquenta anos, casado, dois filhos, nasceu no interior do Estado e morava na capital havia sete. Já estava morto quando deixou a loja. Segundo se comentou, ele não percebeu que tinha morrido […]

10 de agosto de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos morto, recorrência, tiro

Ler Mais

O falecido, sua mulher e o tiro que saiu pela culatra

O anúncio era muito claro e, por isso mesmo, inacreditável: “Aluga-se apartamento no Jardim Europa. 200m², 4 suítes, 1 por andar, todo mobiliado. R$ 200. Tratar com a proprietária.”. Fechei o jornal com a certeza de que se tratava de algum golpe publicitário. No dia seguinte, lá estava o mesmo anúncio, exatamente com as mesmas […]

Ler Mais