Close

volume

Como sempre foi

Quando fecho os olhos, o mundo desaparece. Quando os abro, o mundo corre a se recompor no mesmo instante. Às vezes, durante o período infinitesimal dessa transição — e isso é apenas uma percepção — acredito surpreendê-lo ultimando sua tarefa de recomposição: percebo o contorno esfumaçado das coisas ao meu redor, alguns ruídos, uma chispa, […]

Ler Mais

Reescrever

Retiro o livro do alto da estante. É um volume único, extraordinário e raro. Sinto seu cheiro, tateio sua capa com detalhes em relevo, avalio seu peso com as duas mãos. A mente humana é capaz de muitas maravilhas, como esta, concluo. Abro-o ao acaso. Página 59. Percorro com a ponta do dedo palavras, frases, […]

Ler Mais