Close

4 de novembro de 2016

Um bicho para estimar

bicho

— Outro filho, nem pensar!

— É que a menina passa tanto tempo sozinha com a empregada, nós dois trabalhamos o dia todo.

— Então vamos comprar uma mascote.

— Boa ideia! Um cachorrinho?

— Não, cachorro faz muita bagunça e a toda hora tem que ir com ele pra rua, senão ele emporcalha a casa. Eu não tenho paciência pra isso.

— Então um gato, que tal? São carinhosos e limpos.

— Gatos são piores ainda. Rasgam o que encontram pela frente e, quando estão no cio, ficam insuportáveis. Nossa casa vai ficar com cheiro de mijo.

— Uma tartaruga? Daquelas bem pequenas, não fazem sujeira nem barulho.

— Não! E quando formos viajar, quem vai cuidar dela? Acabam morrendo. Não, esqueça.

— Passarinhos?

— Enchem muito a paciência com aqueles gritos. Nem temos espaço pra gaiola. E aquela cantoria toda manhã vai me irritar muito, vou acabar matando o bicho. Melhor não.

No fim de semana compraram um aquário com dois peixinhos coloridos. A filha deles agora tem companhia.

 




Tags:, , , , ,
               
              
            
                

Deixe um comentário