Close

2 de outubro de 2019

Uma conversa na catedral

Temos que nos ver mais, nos encontrar mais. Meu querido amigo!, ele tinha os olhos marejados ao me abraçar. Sobrou um gosto amargo na minha boca quando nos despedimos. Acompanhei com os olhos seu andar hesitante, apoiado na bengala, até que virou a esquina e desapareceu. Depois de quase trinta anos, esse encontro tão inesperado, diante da catedral! Gostei de vê-lo, saber que, apesar de tudo, ele ainda vivia e estava bem, tanto quanto era possível.

Como a vida mudou, Orlando!, ele tinha dito. Você não precisa dizer isso pra mim, Francisco, basta me olhar. A vida mudou, a gente muda junto, respondi.

Durante mais de duas horas falamos de tudo. Da infância, do colégio, do tempo da faculdade, dos carros que tivemos, do casamento, dos filhos, da Bolsa, dos investimentos, das viagens, dos negócios… Nos lembramos de diversos detalhes de nossa vida, rimos muito. Foi um encontro memorável.

O sino tocou doze vezes. Olhamos as pessoas que entravam e saíam da igreja, o movimento era grande àquela hora. Orlando tirou um sanduíche do bolso do casaco e me convidou para almoçar, eu recusei com gentileza, disse que em casa estavam à minha espera. Observei meu amigo devorando o lanche com apetite e pensei Como a vida mudou! Uma senhora passou por nós e jogou uma moeda em minha direção. Eu ri, olhei para Francisco e pisquei um olho. Ela deixou cair, daqui a pouco vou atrás dela e devolvo, falei.

Depois de comer ele se despediu, me abraçou forte. Temos que nos ver mais, nos encontrar mais, ele disse. Prometemos marcar outras conversas. Vi-o se afastar apoiado na bengala. E esse gosto amargo na boca? Será que comi algo estragado? Aquele resto de pizza, só pode ser, pensei, enquanto revirava a lata de lixo à procura de algum troço para almoçar, estava com fome.

 




Tags:, , , ,

2 de outubro de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos almoço, catedral, conversa, fome, lixo

               
              
            
                

Deixe um comentário