Close

12 de novembro de 2014

A vida como ela não devia ser

casal de velhos

Quando completaram um ano de casados, em tom sério ela se dirigiu ao marido:

– Afonso, nós já não nos entendemos mais, está tudo muito difícil entre nós. É melhor que a gente se separe agora antes que tenhamos filhos. Eles seriam muito infelizes. Ainda somos jovens e podemos ter outras chances de encontrar a felicidade.

– Concordo, Janete – respondeu ele, também sério.

Depois do jantar, numa cozinha diferente e bem maior, enquanto os filhos brincavam no computador, Janete teve uma conversa definitiva com o marido:

– Afonso, não dá mais. Nosso relacionamento está cada vez pior e acho que devemos nos separar já, antes que nossos filhos fiquem traumatizados.

– Também penso assim, Janete – disse o marido.

Janete olhou para o marido, que saboreava uma cerveja na poltrona da sala. Sentou-se na frente dele:

– Afonso, quero falar seriamente uma coisa para você. Agora que nossos filhos já estão encaminhados na vida, é hora de tomarmos uma decisão. Nós não nos entendemos há tempos e a separação é o que nos resta, antes que arruinemos o resto de nossos dias.

– Você tem razão, Janete – disse ele.

Andando com alguma dificuldade, as costas já curvadas pelo peso da idade, Janete sentou-se na frente da televisão ao lado da amiga Solange. As duas bebiam uma taça de vinho tinto.

– O Afonso nunca me contradizia. Que Deus o tenha. Era um bom homem, um bom marido. Vou sentir falta dele.




Tags:, ,

12 de novembro de 2014 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos casal, separação, vida

               
              
            
                

Deixe um comentário