Close

5 de junho de 2021

Sob a ponte

Quando passar sobre uma ponte, não olhe para baixo: você pode ver alguém que acabou de pular e agora está em agonia, quase morto mas ainda não morto. Se isso acontecer, finja que não viu e vá embora correndo. Se o quase-morto lhe chamar — com um aceno tímido, um olhar de rogo ou um fio de voz —, não dê atenção nem desça até lá, mas, se decidir descer, não fale com ele. Só olhe enquanto ele agoniza. É certo que ele, agora arrependido do gesto tresloucado de minutos atrás, tentará convencê-lo a lhe dar a sua vida. Vai implorar por isso com promessas, com juras, com dinheiro. Uma troca simples: a sua vida pela dele, que está se esgotando e não demora chegará ao fim. Se você lhe der a sua vida em troca da dele, reze, se você crê, para que alguém logo passe sobre a ponte e olhe para baixo.

 




Tags:, , , ,